EnciclopédiaBongo

Azarius

  • $

$ 0, -

0,00 US$

Bongo - Enciclopédia

Mostrar menu Fechar menu

Bongo

1 Comentários

O que é um bongo?

Um bongo, normalmente conhecido como cachimbo de água, é um dispositivo para fumar, geralmente utilizado para inalar Cannabis, tabaco, ou outras substâncias. O fumo que passa pelo bongo arrefece antes de chegar aos pulmões, e por isso a inalação costuma ser mais agradável para o utilizador.

História

Diz-se que o primeiro uso de bongos data de 1100 AC. Arqueólogos na Etiópia, em África, encontraram dispositivos para fumar que consistiam num “sistema de arrefecimento” subterrâneo, um canal de ligação entre uma garrafa enterrada -com cânhamo em cima- para queimar efectivamentede e inalar o fumo do cânhamo.
Aquando desta descoberta acreditava-se que os navegadores árabes haviam trazido Cannabis e cachimbos para a África durante os meados do século 13. Como também foram encontrados cachimbos subterrâneos idênticos na Ásia central, assumiu-se que havia uma ligação cultural entre as duas áreas.
Mais tarde tornou-se evidente que os cachimbos descobertos em África foram pensados para fumar Cannabis, e não tabaco, pois os achados arqueológicos indicam que os Africanos sobretudo mastigavam e cheiravam o tabaco.

Dispositivos para fumar mais parecidos com os bongos de hoje em dia foram encontrados na Tailândia, e eram feitos de bambu. É daqui que provém, também, o nome “bongo” - uma adaptação da palavra tailandesa “Baung”. A palavra “bong” é uma recente importação para o inglês, apenas presente nos dicionários por volta de 1971. NOTA DO TRADUTOR: a palavra “bongo” não existe oficialmente na língua portuguesa, é uma adaptação minha para a Azarius.
Os bongos foram introduzidos na cultura ocidental na década de 60 pelos fumadores de marijuana do movimento hippie, e foram bem acolhidos pelos fumadores do mundo inteiro.

Uso

Primeiro deve encher-se com água o reservatório ou base.
(Podem usar-se outros líquidos, mas estes devem ser inofensivos. Como o THC é solúvel em álcool, o uso de qualquer tipo de licor ou bebida álcoolica diminuirá o teor de THC).
A substância a fumar é colocada na superfície cónica ou cabeça do bongo. Um filtro para cachimbo pode ser necessário para amparar a substância e impedir que a cabeça do bongo entupa. O utilizador coloca os lábios dentro da boquilha, selando-a, e inala, fazendo com que a chama seja puxada na direcção da substância.
Uma inalação pode chamar-se “passa” ou “bafo”. Conforme o utilizador inala, a chama é puxada na direcção da substância, acendendo-a, e o fumo produzido viaja através do cachimbo oco anexado ao pé do bongo.
O fumo sobe através da água, que o arrefece, e depois este fica preso no compartimento para o ar acima da água. Ao lado ou atrás do bongo, por cima do nível da água, costuma haver um pequeno buraco de ar a que podemos chamar “carburador”. O utilizador cobre o “carburador” com um dedo até a substância queimar, depois descobre e puxa o fumo do bongo até aos pulmões, esvaziando o bongo de todo o fumo. O fluído (ou a água do bongo) deve ser mudado regularmente, preferivelmente após o uso.

Benefícios

A água num bongo não apenas arrefece o fumo, reduzindo a possibilidade de se queimar a boca, as vias respiratórias e os pulmões, como também permite ao utilizador inalar mais fumo de cada vez, ao contrário das inalações mais pequenas e frequentes através de cigarros ou cachimbos normais.

Pesquisas mostram que passar o fumo por água remove efectivamente componentes tóxicos e carcinógenos. Quanto maior for a área de contacto do fumo com a água, mais substâncias tóxicas permanecerão no fluído. No entanto, isto não parece aplicar-se completamente ao fumo da marijuana. Uma pesquisa patrocinada pela MAPS e pela NORML (National Organization for the Reform of Marijuana Laws) mostrou que no caso da marijuana a filtragem da água é na verdade contraprodutiva, e produz uma quantidade maior de alcatrão comparada com a quantidade de canabinóides presentes no fumo. Aparentemente isto deve-se a que a água tende a absorver o THC mais depressa que os alcatrões nocivos.
Isto não quer dizer que os bongos sejam prejudiciais, visto que filtram certas toxinas não-sólidas do fumo que ocorrem na sua fase gasosa. No entanto, para quem pretende evitar os perigos respiratórios da marijuana, um vaporizador é uma escolha muito melhor.

Referências

Este artigo baseia-se nas seguintes páginas:

Wikipedia - Bong
Totse bong science
On Marijuana.com on the real history of the bong
Effects of Water Filtration On Marijuana Smoke
MAPS/CaNORML Vaporizer and Waterpipe Studies



Comentários

  • Cannabis Sativa Men 06-02-2010 15:43:58

    Parabens ao criador desse tópico, ainda nunca fumei em um bong, mas pretendo comprar um para experimentar; precisava de informações sobre uso, beneficios e encontrei aqui.

    Vlw


    L*E*G*A*L*I*Z*E

    _¬-_


Tens pelo menos 18 anos de idade?

Para visitar a nossa webshop, tens de confirmar que tens pelo menos 18 anos de idade.