EnciclopédiaCafeína

Azarius

  • $

$ 0, -

0,00 US$

Cafeína - Enciclopédia

Mostrar menu Fechar menu

Cafeína

0 Comentários

O que é a cafeína?

A cafeína é um alcalóide xantina que se encontra naturalmente em comidas como grãos de café, folhas de chá, nozes de cola, erva-mate, frutos de guaraná, e (em pequenas quantidades) nos grãos de cacau. Este artigo considera todas as bebidas e produtos que contêm cafeína.

A cafeína foi identificada em mais de cem espécies de plantas, mas as fontes mais cultivadas são as sementes (grãos) dos frutos do cafeeiro (Coffea sp.), as folhas e os botões das folhas do arbusto do chá (Camellia sinensis), as nozes da cola (Cola acuminata), e as sementes (grãos) do fruto do cacaueiro (Theobroma cacao). A razão pela qual a cafeína se encontra em tantas plantas é especulativa, mas uma teoria popular é a de que a cafeína funciona como pesticida natural, pois é letalmente tóxica para as larvas da farinha, mosquitos, e insectos do tabaco, entre outras pragas.

História

Embora o consumo de chá na China tenha começado há milhares de anos, o primeiro registo do uso de cafeína numa bebida pelo seu efeito farmacológico foi feito pelos sufistas de Iemen, que usavam o café para permanecerem despertos durante as rezas, no século 15. No século 16 havia casas de café no Cairo e em Meca. Os cafés abriram na Europa no século 17.

A cafeína foi isolada pelo químico alemão Friedrich Ferdinand Runge, em 1819. Segundo a lenda, ele fê-lo a pedido do famoso escritor alemão Johann Wolfgang von Goethe (Weinberg & Bealer, 2001).

Química

Nome químico: 3,7-dihidro-1,3,7-trimetil-1h-purina-2,6-diona.

Efeitos positivos

A cafeína aumenta as batidas cardíacas, a respiração, o ritmo metabólico basal, os reflexos gastroentéricos, e a produção de ácidos no estômago e urina; e relaxa os músculos macios, sobretudo os músculos brônquicos. Todas estas mudanças variam consideravelmente de pessoa para pessoa, e podem depender da sensibilidade individual à droga, ao metabolismo da pessoa, e à frequência de uso da cafeína. O tempo de duração do efeito da cafeína é infuenciado pelo estado hormonal da pessoa, se esta toma medicamentos ou não, ou se tem uma doença que prejudica o funcionamento do fígado.

Subjectivamente, as pessoas afirmam que a cafeína lhes dá um “impulso”. Sentem-se menos sonolentas, menos fatigadas, mais capazes de esforços intelectuais rápidos e contínuos. Também relatam melhorias no desempenho de actividades manuais tais como conduzir.

Efeitos negativos

A cafeína estimula o sistema nervoso central e pode produzir uma variedade de efeitos noutras partes do corpo. Os sintomas da superdose de cafeína (cafeinismo) variam, segundo as diferenças de cada pessoa e da quantidade consumida. As doses entre 250 a 750 mg (2 a 7 chávenas de café) podem causar nervosismo, naúseas e tonturas, dores de cabeça, tensão muscular, distúrbios no sono e batidas cardíacas irregulares. As doses acima de 750 mg (7 chávenas de café) podem causar todos os sintomas acima mencionados assim como uma reacção semelhante a um ataque de ansiedade, incluindo delírios, sonolência, zunidos nos ouvidos, diarreia, vómitos, visão alterada, dificuldades respiratórias, convulsões (superdose extrema). Estas quantidades de cafeína podem ser tomadas numa simples dose ou em múltipas doses em pequenos intervalos.

Variedades

A cafeína é um alcalóide. Existem numerosos compostos chamados alcalóides, entre os quais temos as metilxantinas, com três compostos distintos: cafeína, teofilina e teobromina, que se encontram nas nozes de cola, no café, no chá, nos grãos de cacau, na erva-mate e noutras plantas. Estes compostos têm diferentes efeitos bioquímicos, e estão presentes em diferentes quantidades nos diferentes tipos de plantas. Estes compostos são muito semelhantes e diferem apenas pela presença de grupos de metil em duas posições da estrutura química. Estes são facilmente oxidados para ácido úrico e outros ácidos metilúricos que são também semelhantes na estrutura química.

Cafeína
Fontes: café, chá, nozes de cola, erva-mate, guaraná.
Efeitos: estimula o sistema nervoso central, o músculo cardíaco e o sistema respiratório, diurético, atrasa a fadiga.

Teofilina
Fontes: chá.
Efeitos: estímulo cardíaco, ligeiro relaxamento muscular, diurético, vasodilatação.

Teobromina
Fontes: alcalóide principal dos grãos de cacau (1.5-3%), nozes de cola e chá.
Efeitos: diurético, ligeiro relaxamento muscular, estímulo cardíaco, vasodilatação.

(Informação: Merck Index)

Ligações / Mais informação

Is Caffeine a Health Hazard?

Referências

Este artigo baseia-se nas seguintes páginas:

Erowids Caffeine Vault
Caffeine FAQ
Wikipedia on caffeine
Is Caffeine a Health Hazard?


Comentários

Ainda não há comentários, começa tu!


Junta comentário

Tens pelo menos 18 anos de idade?

Para visitar a nossa webshop, tens de confirmar que tens pelo menos 18 anos de idade.