Cocaína

O que é a cocaína?

A cocaína é uma substância estimulante do sistema nervoso central, extraída e refinada a partir da planta da coca (Erythroxylum coca), a qual cresce originalmente na região andina da América do Sul. A cocaína é normalmente um pó branco com um sabor amargo e anestesiante. Normalmente é inalada (cheirada), embora também possa ser injectada ou usada oralmente.

História

Nos tempos pré-colombianos as folhas de coca eram oficialmente reservadas para a realeza inca. Os nativos usavam a planta da coca para fins místicos, religiosos, sociais, nutricionais e medicinais. Os “coqueros” exploraram as suas propriedades para enganarem a fadiga e a fome, aumentarem a resistência, e promoverem o bem-estar geral. A coca foi inicialmente proibida pelos Espanhóis. Em 1551, o bispo de Cuzco proibiu o uso da coca sob pena de morte, porque era “um agente maléfico do Diabo”. O notável artista católico ortodoxo do século 16, Don Diego De Robles, declarou que “a coca é a planta que o Diabo inventou para a destruição total do povo”. Mas os invasores descobriram que sem o “presente dos deuses” os nativos mal conseguiam trabalhar os campos ou as minas de ouro. Por isso acabou por ser cultivada até mesmo pela igreja católica. As folhas de coca eram distribuídas três ou quatro vezes por dia aos camponeses durante breves pausas para descanso.

Os conquistadores espanhóis apresentaram a coca à Europa ao voltarem das suas viagens. Até Shakespeare a poderá ter fumado – e inalado. A planta da coca é frágil e não aguenta bem as grandes viagens. Todavia a coca era propagandeada como “um elixir da vida”. Em 1814, um editoral da famosa revista londrina “The Gentleman's Magazine” apelou aos pesquisadores que iniciassem experiências que levassem ao uso da coca como “um substituto para comida que permita às pessoas viverem um mês, de vez em quando, sem comerem”.

O ingrediente activo da planta da coca foi isolado pela primeira vez no ocidente pelo químico alemão Friedrich Gaedcke, em 1855; ele chamou-lhe “Eritroxilina”. Albert Niemann descreveu um processo de purificação melhorado para a sua tese, e chamou-lhe “cocaína”. Sigmund Freud, um entusiasta desde o início, descreveu a cocaína como uma droga mágica. Freud escreveu uma cantiga em honra da droga, e praticou largamente a sua experimentação. Para Sherlock Holmes, a cocaína era “um estimulante tão transcendental e clarificante para a mente que a sua acção secundária é uma questão irrisória”. Robert Louis Stephenson escreveu o livro “O Estranho Caso do Doutor Jekyll e do Senhor Hyde” durante um júbilo de cocaína de seis dias. O intrépido aventureiro polar Ernest Shackleton explorou a Antártica propulsionado por comprimidos de cocaína.

Os médicos dispensavam cocaína como antídoto contra a dependência da morfina. Infelizmente alguns dos pacientes criaram habituação às duas substâncias.

A cocaína era em breve vendida sem receita em muitas lojas. Até 1916 podia comprar-se no famoso centro comercial londrino “Harrods” um estojo chamado “Uma prenda de boas-vindas para os amigos da Frente” que continha cocaína, morfina, seringas e agulhas para substituição. A cocaína era grandemente usada em tónicos, curas para dores de dentes e medicamentos patenteados, nos cigarros de coca para “alívio garantido da depressão”, e em comprimidos com cocaína e chocolate. Um produto que vendia muito bem, o remédio “Ryno” contra a febre dos fenos e o catarro (“para quando o nariz está entupido, vermelho e dorido”), continha 99.9% de cocaína pura. Os potenciais compradores eram avisados – nas palavras da firma farmacológica Parke-Davis – que a cocaína podia “tornar o cobarde corajoso, o silencioso eloquente, e deixar o sofredor insensível à dor”.

A Coca-Cola foi introduzida em 1886 como um “tónico cerebral valioso e cura para todas as aflições nervosas”. A Coca-Cola foi promovida como bebida de temperança “oferecendo as virtudes da coca sem os vícios do álcool”. A nova bebida era revigorante e popular. Até 1903, uma dose normal continha cerca de 60 mg de cocaína. Vendida hoje em dia, ainda contém um extracto de folhas de coca. A Coca-Cola Company importa oito toneladas de folhas de coca por ano da América do Sul. Hoje em dia, as folhas são usadas apenas para darem sabor à bebida, visto que a droga foi retirada da receita.

O uso recreativo foi proibido nos Estados Unidos em 1914.

Química

O nome químico da cocaína é benzoilmetilecgonina (C17H21NO4). É uma droga cristalina, amarga, branca e sem cheiro. Induz uma sensação hilariante no utilizador, sobretudo por bloquear a recolha do neurotransmissor dopamina pelo cérebro.

Efeitos positivos

A cocaína é um potente estimulante do sistema nervoso central. Quando usada em pequenas quantidades (até 100 mg) geralmente faz a pessoa sentir-se eufórica, energética, faladora e alerta, sobretudo no que respeita à visão, ao som e ao toque. Também pode diminuir temporariamente a necessidade de comer ou dormir. Alguns utilizadores acham que a droga os ajuda a desempenharem mais rapidamente tarefas físicas e intelectuais simples, enquanto que outros podem sentir efeitos opostos.
Os efeitos duram de 20 minutos a várias horas, dependendo da dose consumida e da pureza da droga.

Efeitos negativos

- A cocaína e o crack (pedra) têm um efeito muito rápido. Isto pode levar ao uso exagerado ou frequente. A “descida” da cocaína é desagradável. Após consumires apenas uma linha sentes-te entorpecido e impaciente. O júbilo da cocaína pode afectar a tua disposição durante dias após o consumo. A ressaca inclui fadiga, nariz entupido ou dorido, dores de cabeça, irritabilidade, depressão, letargia e problemas de concentração. No fundo, um estado “zombie”. Normalmente, quando se começa a consumir, os efeitos secundários são mínimos. Mas estes pioram com a continuidade do uso.

- O uso regular (duas ou três vezes por semana) cria tolerância. Ainda sentes efeito mas tens de consumir mais e com maior frequência. Muitos utilizadores tornam-se compulsivos no seu uso de cocaína, o que pode resultar em dependência física ou piscológica.

- O uso excessivo pode causar alucinações, delírios paranóicos, taquicardia, comichão, e delírio de parasitose.

Uso medicinal

A cocaína foi usada para vários fins medicinais no passado. Era um anestésico tópico, usado na cirurgia da vista e da garganta no século 19 e princípios do século 20. Vê a nossa secção de História para mais informação.

Variedades

O hidrocloreto de cocaína é a forma de cocaína mais conhecida. É muito estável e solúvel em água, o que faz com que possa ser inalada ou injectada.

Como o sal do hidrocloreto decompõe à temperatura requerida para a sua vaporização, a cocaína converte-se na sua forma de base-livre quando aquecida. Inicialmente, a cocaína base-livre (free-base) era produzida usando solventes voláteis, geralmente o éter. Infelizmente, esta técnica é fisicamente perigosa. O solvente tende a inflamar. Por isso tornou-se popular um outro método mais conveniente de produzir base-livre fumável. O producto resultante é o “crack” (cocaína em pedra). Para obter a cocaína em pedra, o hidrocloreto de cocaína é concentrado aquecendo a droga numa solução de bicabornato de sódio até que a água evapore. Este tipo de cocaína-base dá um estalido quando aquecido; daí o nome inglês de “crack” (som de estalo). A base de cocaína vaporiza a baixas temperaturas, por isso pode ser facilmente inalada através de um cachimbo aquecido.

Uso

A maneira mais simples de administrar cocaína é mastigando as folhas da planta. A restrição deste método é a pequena quantidade de cocaína que chega ao fluxo sanguíneo, sendo o efeito apenas suavemente estimulante.

Ao inalar a cocaína, a absorção através das membranas nasais é de aproximadamente 80%. Os vasos sanguíneos limitam a absorção. O uso crónico resulta em rinite crónica e necrose das membranas nasais. Antes da inalação, o pó de cocaína deve ser desfeito em partículas muito pequenas. Isto é especialmente importante para a cocaína muito pura, visto que tende a ser mais húmida e a formar “pedrinhas”, as quais reduzem a eficácia da absorção nasal. A isto segue-se por vezes o ritual de colocar um pouco de cocaína no dedo (normalmente o mindinho) e esfregá-lo contra as gengivas, para causar o adormecimento das mesmas. As razões para este ritual incluem a maneira eficaz de consumir os resíduos de cocaína deixados na superfície cortante e/ou o aumento subjectivo da experiência.

A administração intravenosa permite obter níveis mais altos de cocaína no sangue mais rapidamente. A injecção de cocaína produz um efeito eufórico e fugaz, pois o fígado metaboliza a droga rapidamente.

Fumar base-livre ou “crack” faz-se geralmente através de um cachimbo com um pequeno tubo de vidro de cerca de 6 mm de diâmetro, e 10 cm de comprimento. A “pedra” é colocada na ponta do cachimbo mais próxima do filtro e a boca na outra ponta. A chama de um isqueiro ou maçarico é então colocada por baixo da pedra. A pedra derrete ao aquecer e transforma-se no vapor que o utilizador inala como fumo. Os efeitos sentem-se quase de imediato, são muito intensos, e não duram muito – geralmente cinco a quinze minutos. A maioria dos utilizadores quer fumar outra vez, especialmente os utilizadores frequentes.

Dependência

A dependência da cocaína causa o abuso obsessivo ou incontrolável. A terapia comportamental cognitiva (TCC) mostra resultados prometedores. Os programas com base espiritual em doze etapas, como os Narcóticos Anónimos (que têm como modelo os Alcoólicos Anónimos), mostram algum sucesso no combate a este problema. A vacina contra a cocaína também está a ser testada e pode evitar que o recipiente sinta os efeitos desejáveis da droga, embora uma tentativa semelhante para desenvolver uma vacina contra a heroína tenha sido abandonada, devido à sua ineficácia, nos anos 70.
Continuam a decorrer pesquisas para o tratamento da dependência da cocaína, e já foram desenvolvidos vários medicamentos e programas, que depois foram tomados como ineficazes, e reconsiderados.

Avisos

A superdose (overdose) causa taquiarritmias e uma subida notável da tensão arterial. Estes efeitos podem ser mortais, especialmente se o utilizador tiver problemas cardíacos.

A toxicidade resulta em ataques epilépticos, seguidos de depressão respiratória e circulatória de origem medular. Isto pode levar à morte por falha respiratória, ataque epiléptico, hemorregia cerebral, ou falha cardíaca. A cocaína é também altamente pirogénica, devido ao estímulo e aumento da actividade muscular causar maior produção de calor. A perda de calor é inibida pela intensa constrição dos vasos sanguíneos. A hipertermia induzida pela cocaína pode causar a destruição das células musculares, e mioglobinúria, resultando em falha renal. Não há um antídoto específico para superdose de cocaína.

O abuso da cocaína está associado ao risco vitalício de ataque cardíaco sete vezes maior que o normal. Na primeira hora após o uso da cocaína, o risco de ataque cardíaco aumenta 24 vezes. Esta é a causa de 25% dos ataques cardíacos ocorridos no escalão etário dos 18 aos 45 anos.

Misturas

Álcool: as duas substâncias misturadas formam cocaetileno no corpo, um composto que aumenta o efeito e causa mais stresse ao coração. Esta é a mistura mais comum entre duas drogas que resulta em morte por consumo de drogas.
Anfetaminas: uma mistura improvável visto que os efeitos são muito semelhantes; aumento da pressão cardíaca, aumento da toxicidade.
Ecstasy: uma mistura popular nas discotecas, sem perigos óbvios para além do aumento da tensão física.
Heroína: conhecida como “speedball”, as duas drogas amplificam-se mutuamente – a cocaína actua como poderoso estimulante, causando aceleramento cardíaco, mas o efeito é mais rapido que o da heroína, a qual por sua vez abranda o coração. Como resultado, o coração pode deixar de bater completamente, aumentando o risco de ataque cardíaco. John Belushi e River Phoenix morreraam devido ao efeito de speedballs.
Quetamina: uma mistura moderna conhecida nas discotecas. Alguns usuários gostam de misturar cocaína com pequenas doses de quetamina. A cocaína diminui os efeitos psicadélicos da quetamina. Não mistures nada com altas doses de quetamina!
LSD: tem o seu próprio ritmo. Esta não é uma boa mistura.
Cogumelos: sem problemas.

Quando fumada, a cocaína pode por vezes ser misturada com Cannabis. Normalmente é enrolada num charro ou num charuto.

Ligações / Mais informação

Cocaine.org
Lyceaum on cocaine
Cocaine related media articles from Erowid
Cocaine related articles from the Schaffer Library of Drug Policy
The History of Legislative Control over Opium, Cocaine, and their Derivatives

Referências

Este artigo baseia-se nas seguintes páginas:

Dancesafe on cocaine
Cocaine.org
Wikipedia on cocaine
The Gooddrugsguide: effects
The Gooddrugsguide: mixing




Comentários

  • Paralelepipedo - 2010-05-06 02:09:34 +4

    Eu uso i adoroO
    a cocaina
    conhecida na minha regiao como "Janaina"
    eu curto d+

  • viinicios!!:) *--* - 2010-09-09 19:11:11 +1

    credo eu nao usaria isso pois nau quero estragar minha vida mais nos medicamentos somos obrigados a usar a cocaina o crack maconha solvente e etc... se nau fosse pelos remedios nunca usaria isso......nao gosto de quem usa....

  • seuvajem - 2010-09-24 18:13:44

    eu nao uzo nunca vou uzar etenho pena de quem esprementa.as drogas sai,se puder enconto a tenpo.este e meu pedido.atodos que uzan

  • Adriano - 2010-10-02 01:29:56 +5

    Uzar é com "S" uSar =D eu uso, é só saber se controlar, eu só uso uam vez por semana :D

  • toni - 2010-11-06 22:17:42 +1

    eu uso, mas acho q é possível sentir uma potencia parecida de outras forma; por isso acho a experiencia, quando s tem o cuidado de não viciar, interessante... é interessante pois mostra a pessoa q ela pode atingir um estado mental mais elevado e qnd ela parar de usar ela vai buscar outros meios pra adquirir isso, sem danos biológicos.

  • Lord_Byron - 2010-11-10 03:03:04 +3

    Sou usuário faz um tempo e recentemente parei de negar o vício e aprendi a controla-lo. Você usuário q pensa não ser viciado, faz quanto tempo que está sem? Se não souber a resposta não use mais, ainda tem saída p/ vc; se, por alguns meses, repetindo a pergunta, ainda souber responder, manere, tente reduzir, pq é um gasto que não tem um retorno benéfico a longo prazo. Pense no que deixou de comprar, ou se consegue curtir de verdade o que consegue conquistar. Só um conselho... cada um sabe o que faz. ;)

  • nick - 2010-11-18 18:03:03 +12

    quem gosta de drogas : pra mim se divide em dois tipos , os fracos que querem fugir da real... e os egoistas demais, que nao se importam em machucar as pessoas que as amam

  • Matheus - 2010-12-09 04:59:18 +1

    eu controlo o uso, so uso quando tem gente legal comigo, assim pra curtir.

  • dani - 2010-12-13 20:10:14 +5

    o negocio é pank, só quem usa sabe ...
    não tem explicação a sensação.... o troço é do demonio mesmo .
    huhaahuahhahauauhu

  • fp - 2011-01-30 00:47:05 +1

    uso a 2 anos e nao consigo parar tento e nao consigo eu quero e nao consigo meu conselho nunca esperimentao nao presta nei sei oq vai se da minha vida a pior coisa que existe a droga o meu sonho hj a unica coisa que eu queria pra minha vida a unica coisa que eu pediria pra deus nesse momento que me tirasse da droga da cocaina so isso. un desabafo de quem nunca se abriu para ninguem sobre o poblema.

  • nei - 2011-02-02 18:25:57 +2

    sou usuario a anos sempre foi muito bom da hora hoje estou sentindo o mal q o po me esta fazendo mas nao cnsigo me livrar,mas Deus e maior e eu vou conseguir sair dessa ,vai ai um recado pra vcs nao entre nesse caminho de dificil volta

  • the neo - 2011-02-21 11:07:06

    Faz 1 ano que eu uso bem casualmente, como uma festa que eu sei q vai ser mt legal pra dar uma acelerada ! Ja fiquei meses sem usar! Também tem a relação custo beneficio, além de pagar caro no pó, chego em casa cansadão e não consigo dormir! Mas aconselho a todos a não experimentar e nunca ofereci pra ninguem pq o pó vicia de um jeito que a pessoa não tem noção!

  • loucuracom€€€€ - 2011-02-23 02:02:16

    na minha opinião não condeno quem a usa, se não te controlares é como qualquer droga!!!
    Tabaco, alcool,etc.
    tu é que escolhes a tua vida.....
    Para mim qualquer droga deveria ser legal, porque a um ditado mt antigo"o proibido e o mais desejado" beijinhos e curtam com moderação....

  • Já era - 2011-04-23 02:26:51 +4

    Olá à todos,

    Eu comecei com os amigos, e sim fui influenciada, mas quem escolheu foi eu. Até me esqueço quanto tempo que sou usuário.
    O meu sonho sempre foi ser uma grande profissional com muitas qualidades a desejar, mas isso ficou em stand-by quando conheci as drogas... sempre disse q nunca usaria, mas às vezes a curiosidade fala mais alto.
    Bom, ainda uso drogas, e confesso que é muito bom a sensação de diferença, e passando o tempo consegui o que sempre quis, sou formada em química e físico de partículas, amo o que faço, claro como minha profissão permitiu que eu fizesse experiências com todos os tipos de misturas da "cocaína" "farinha" "baby" "rosa", enfim, diversos sinônimos. E resultado, ainda continuo usando porque eu gosto, claro sabendo todo risco...mas querem saber, não usem prq tenham vontade, mas sim porque vc terá que ter vontade da sua vida, não digo exatamente morte VS vida, e sim a real vontade de vivê-la, do tipo: rir naturalmente, ser intelectual ainda, estar com as pessoas, sair e se divertir sem as drogas, ter sentimentos bons, ou seja, psicologicamente e fisicamente saudavel.
    Prazer, vcs conhecerem uma ex usuária que agora percebe que o que ganhou com as drogas, foi a inútil sensação de liberdade, pois isso vai passar, por mais que vc ACHE QUE TEM O SEU ALTO CONTROLE sobre ela, mas na verdade não tem nada, e não se esqueça que tudo o que sente ou pensa, é o efeito trágico das drogas causada pelo "uso casualmente" que me levou a usar todos os dias até uns meses atrás.
    Saia dessa enquanto é tempo, pois tudo no começo e durante são ótimos, mas se ainda estiver em dúvida, só sinto muito por vcs não poderem conhecer um verdadeiro usuário que em seus últimos minutos de vida apenas sobrou arrependimento sem ao menos dizer o quanto amava sua mãe que estava ao lado subitamente em estado de choque..., pois senão aposto que ele falaria para parar com as drogas, mas pena que vc é dono de suas próprias escolhas.

  • Fer - 2011-05-21 06:59:08

    Usa quem quer se souber ler sabe dos riscos e efeitos ..
    eu uso mas tem q ser consciente nao pode praticar um ato de violencia e colocar a culpa na droga

  • anonimo - 2011-08-05 23:29:00 -1

    Tenho epilepsia e tô muito a fim de experimentar cocaína. Por acaso posso usar sem problemas?

  • Juliano Roberto - 2011-08-18 21:43:48 +4

    Parabens pela matéria! É realmente interessante!

  • Samael Akuma - 2011-08-22 15:23:31 +14

    A cocaína é muito usada por pessoas que trabalham a noite este que vos escreve mesmo acabou de cheirar 6 gramas do Papa Oscar, sim esse, é o nome que policiais e vigilantes usam para descreve-la. a cocaína serve pra tirar o medo, tirar o sono, aumentar a sociabilidade e de quebra te deixa como se você estivesse um passo a frente de tudo e de todos seus sentidos ficam apurados a ponto de você ouvir uma agulha caindo no chão no meio da rua. esse sentimento de onipotência é o que mais atrai muitos trabalhadores da área de segurança privada e segurança publica. Eu sinceramente não posso dizer com certeza que quero parar o efeito é sem duvida surreal, salvo, a incrível depressão que se abate sobre o usuário quando a droga se acaba, entre os usuários essa depressão é conhecida pelo nome de estiga ou fissura, ( o desejo de continuar usando cada vez mais ) esse é o pior momento da "Viagem" causada pela droga o usuário que se entrega a estiga ou fissura gasta o que tiver de dinheiro e em casos extremos até mesmo faz pequenos furtos pra saciar seu vicio. Muitas das vezes o usuário iniciante (pausa para mais duas carreiras e um cigarro ) entra nesse mundo com o único objetivo de ser aceito em grupo social "estar entre os descolados"
    COCAÍNA
    Sei la como usuário posso dizer com certeza que nunca experimentei a verdadeira cocaína o que se encontra no mercado alternativo, e que já mexe com todo o sistema nervoso do usuário é uma terrível mistura feita pelos traficantes que só tem o intuito de lucrar sem nenhuma preocupação com o que estão vendendo.
    Quando a droga sai dos países produtores ela passa por testes de pureza e se não aprovada não é aceita nos países de destino. estamos falando aqui de grandes quantidades do produto comercializada por grandes compradores, esses grandes compradores antes de repassar o produto aos traficantes locais já batizam a mesma com diversas substancias dobrando assim a quantidade de seu produto com isso a cocaína vai perdendo sua pureza e quando chega nas mãos dos usuários ela já se encontra completamente alterada com varias substancias até mais prejudiciais que a própria cocaína como a lidocaína"causa a sensação de anestesia, principalmente no nariz e na boca", o Ácido bórico,um pó branco usado como inseticida e fertilizante, entre outras diversas químicas e até mesmo remédios usados pra simular os efeitos da cocaína e aumentar estupidamente o lucro de seus muitos atravessadores.

    EFEITOS POR UM USUÁRIO
    primeiramente ao inalar as primeiras carreiras vem o desejo incontrolável de defecar, enquanto isso você começa a sentir seu corpo mudando gradativamente de acordo com absorção da droga no seu sangue, você se senti mais leve seu rosto parece que esta mais fechado, secura na garganta e escorrimento nas narinas, após um período máximo de 40 minutos apos o uso as pernas ficam bambas e começa o que chamamos de estiga.
    Normalmente o usuário Homem não consegue fazer relação sexual após o consumo visto que a droga dificulta a ereção, ha relatos de situações contrarias. (O jeito é recorrer ao uso do álcool em conjunto com a cocaína na maioria das vezes essa mistura causa um efeito afrodisíaco mais muitíssimo perigoso, visto que as duas substancias juntas geram a criação de uma substancia denominada cocaetileno, um metabólito ativo da cocaína que aumenta de foma imperceptível, visto que a própria droga já causa taquicardia, o ritmo cardíaco e aumenta a necessidade de oxigenação no corpo causando uma respiração ofegante mais disfarçada ( a realidade é que misturar Álcool e cocaína se tornou tão banal que as pessoas esquecem do tamanho do estrago que esse dois componentes químicos podem causar é como se vc potencializasse o risco de malefícios imediatos provocados pela cocaína como infartos, acidentes cardio vasculares e derrames entre outros afinal não sou nenhum técnico no assunto só estou descrevendo minha própria experiencia. alem desses efeitos a cocaína concede um olha meio de psicopata ao usuário, com o aumento das pupilas o travamento do maxilar e o olhar direto e focalizado em tudo o que o usuário esta prestando atenção é fácil reconhecer um usuário abusivo da droga, pois pra chegar nesse ponto, onde toda a feição do usuário se transforma. por hoje é só, Vô cheirar mais duas carreirinhas fumar um cigarro tomar um litro de leite, depois um banho metade gelado e metade quente pra eu conseguir amenizar os efeitos de perda de apetite e insõnia pra que euconsiga dormir um pouco, se não amanha vou ter que cheirar de novo pra conseguir trabalhar a noite. Duvidas terei prazer em ajudar desde que eu ache que elas são verdadeiras fiz um esforço tremendo pra escrever este texto, então perdoe-me os erros de português, gramatica e ortografia pois do jeito que eu estou duvido que você que está lendo conseguiria escrever alguma coisa tão descritivamente delineado. desde já agradeço a quem teve paciência de ler este texto tão extenso pois pra mim foi um prazer e ao mesmo tempo um sacrifício escreve-lo

  • sf - 2011-09-05 16:56:13 +3

    vi meu namorado a inalar as minahs escondidas apanhei o foi muito triste acreditem uma dor no meu coracao agora entendo algumas reaçoes nervosas do tipo treme muito berra e baba se, dores de cabeça suores de vez em quando e nao consegue durmir, apos 1 anos e meio vi quase nao kerai acreditar, acabei a relaçao antes k ele acabe com minha vida, ainda o amo e doi muito ele é mt influenciado vai acabar mal.por favor nao façam sofrer quem vos ama por um po branco sem graça.

  • Eu - 2011-09-14 20:35:26 +1

    Fiz uma lipo a pouco tempo e tenho muitos pontos,pode inflamar??

  • Bruna - 2011-09-21 17:20:19 +2

    Uso a mais ou menos 3 anos, porém sei que seria inconveniente da minha parte dizer que só vicia quem quer. Eu faço faculdade, estou nos períodos finais de Ciência Biológica, sempre quando tem festas e barzinho com os amigos, rola sempre.. Mas a prova que não é vício, é que usei 6 meses direto, initerrúptamente aos finais de semana, e apareceu uma oportunidade de ir a Alemanha visitar minha irmã, fiquei por lá 1 ano e não usei e muito menos obtive crise de abstinência. Voltei ao Brasil e usei poucas vezes. E agora estou a 2 meses sem usar.. Mas um Conselho que dou a todos é que Nunca experimentem. Pois vejo amigos meus em uma triste decadência. E realmente é a verdadeira Lama do ser-humano, o vício.

  • Desenfreado - 2011-11-14 19:56:40 +1

    Eu uso as vezes, raramente na verdade, mas quando eu uso sou desenfreado não sei a hora de parar, cheiro até o último centavo do bolso e se eu tiver crédito na boca ainda pego uma cara fiado, resolvi postar esse comentário pq vi uma galera ae desabafando e digo a todos com muita franqueza parém de usar imediatamente, eu parei já tem quase um ano e mesmo assim as vezes ainda tenho aquela sençassão de estar sendo seguido, ou de estarem me cuidando reparando nas coisas que eu falo, se der abandonem e optem por uma vida saudável, é o que eu estou fazendo é já consigo ver os resultados, mas como disse um dos caras no depoimento, "CADA UM SABE DA SUA", desejo felicidades a todos. Abraços!!!

  • paranóia - 2012-02-04 03:22:05

    tomem cuidado nao é facil nem bom mas fazer oque por enquanto só temos uma vida quero tentar aproveitala ao maxima do meu alcan-se nao ficamos ricos porque eles ,aqueles que realmente comandan nosso planeta estao agora enquanto vc le estas mensagens a fazer planos para nos conttrolar ainda mais .valeu pessoal um abraço

  • paranóia - 2012-02-04 03:24:29

    ja esquecendo achei uma fonte que vende na pedra deve ter sido misturada so uma vez acho eu, muitobom

  • JS - 2012-02-07 23:41:15 +1

    BAD. nunca experimentei e nunk tive vontade é nojnto so de ver, e píor e ver teu melhor amigo entrando em overdose, magro com olheiras e
    delirando, ainda bem , por deus q nao usa mais. como dizem " dar um teco e a melhor sensaçao do mundo , mais depois se ve no fundo do poço, um lixo.

  • bruno - 2012-04-09 01:32:06

    só fico indiguinada de saber que em pleno seculo XXI existem pessoas engenos a ponto de pensar e ainda se arriscar e dizer que cocaina nao vicia,eu so as vezes me pergunto se e por medo de assumir que realmente é um dependente quimicos meros "viciados"!

  • luximar - 2012-04-17 23:54:19 +3

    Falar a verdade eu uso... de vez em quando!
    mas as vezes só acho chato no final que fico calada e quieta... bem com a cabeça a mil! mas quieta! hehe

  • laura - 2012-05-09 18:16:20 +1

    gostaria de saber o que passa na cabeça de alguém pra se enfiar nessa. se mata aos poucos e ainda se acha o maximo. destroi toda a familia. são egoistas...não pensam na familia de forma aluguma....

  • Arrependida - 2012-05-11 14:47:08

    È muito facil julgar,dificil é se livrar.Eu era uma mulher linda,disposta,alegre,boa mãe e esposa,porém tive depressao pos parto,e essa doença me mudou da agua pro vinho.Não tinha animo pra nada,só chorava,começei o tratamento contra depressao,melhorei,mas tinha dias que nada estava bom,batia um desanimo,mas minha casa todo final de semana rolava um churrasquinho,que meu marido achava que eu ficaria menos triste,convidava alguns amigos,e achava que estava tudo bem.Até que um dia em um desses churrasquinhos em amigos,eu estava meio depre,e uma "AMIGA'' me convidou para dar uma volta de carro,fui,ai ela parou o carro e disse...Tenho um remedinho que vai acabar com seu baixo astral,È o pozinho da alegria(cocaina)fiquei em choque,pois nunca imaginei que ela usava,ela colocou uma carreira pra ela e uma pra mim,fui... adorei a sensaçao,fiquei alegre,euforica,com uma sensaçao de ser poderosa.Isso ja faz 3 anos,e eu estou pior do que estava antes.emagreci 15 kg,estou mais depre ainda,sem amigos,uma pessima mae e esposa,sem animo pra nada.Uso quase todos os dias,e o dia em que eu não uso passo o dia dormindo.Me arrependo muito de ter experimentado,pois ta dificil,não vou mentir,gosto.mas tudo que eu mais queria era não usar mais e voltar a ser o que eu era antes,deprimida mas limpa,agora sou deprimida e suja,e ainda julgada,condenada,apontada.Sera que algum dia,conseguirei vencer essa luta?È possivel se livrar desse vicio maldito?Me respondam.Um grande beijo a todos.E não se esqueçam que droga é uma droga.

  • ref coca na veia - 2012-08-24 06:45:28

    eu uso eu pensava que tava viciado mas resolvir fazer um teste de fk um tempo sem usar para ver se conseguia e ja to a 4 meses sem usar nada nem beber eu bebo euntao naum falem que naum tem como parar pq tem sim e eu so usava 20g todo sabado

  • interessado - 2012-09-09 11:09:27 +1

    eu também não consigo explicar pois quando "chero" não curto 2 ,3 ,10 nesse exato momento tenho entorno de R$ 280 reais aqui e não tenho a menor vontade de ir pegar mais ,pois quando pego 1 ja tabom acho estranho pois meus colegas gostam de exagero 5 ou 8 sei lah acho que isso as vezes não é pra mim abraços a todos

  • paulo - 2012-09-25 06:33:02

    Eu uso cocaína a mais de 3 anos , eu nunca usei frequentemente , mais recentemente começei a ter depressão muita fadiga e tinha pesadelos que tinham bicho em mim (Delírio de parasitose) não conhecia essa "sindrome" pensava que era somente coincidencia.Não sabia que existia isso agora que sei estou com medo e a partir de hj vou sair dessa vida.

    O uso da uma sensação muito boa , mais depois vc fica desanimado, "estigado" ou seja querendo mais , fica com medo de TUDO , não consegue dormir. É HORRIVEL

  • Sergipano - 2012-09-27 17:17:23 +1

    Eu usor e gosto do efeito !!! É melhor cheira e fica de boa do que bebe e fika bebado a noite toda!!!

  • go to - 2012-10-13 23:27:56 +1

    tbm sou usuario e aqui vai uma dica p vc q nunca experimento, nunca use a cocaina! mas vc q usa n deixe ela levar sua vida n deixe d fazer coisas q vc gosta p usar pois isso e possivel

  • Sortudo - 2012-10-17 13:47:17

    Caros, li todos os comentários, muitos de idiotas que incentivam o uso pois não tem consciência do mal que tudo isto causa a médio e longo prazo. Recentemente com a ajuda de Deus meu sobrinho que mora comigo conseguiu se livrar das drogas, já usava há dois anos, parou com o pó, maconha, cigarro e álcool, tudo de uma vez. Não tomou nenhum medicamento, somente amor, estrutura familiar, apoio do CAPS e claro, Deus!!! Isto mostra que é possível parar com tudo quando se tem força de vontade, foram meses de sofrimento, inquietação, nervosismo, rebeldia, intolerância com tudo e todos, mas sempre que apertava demais ele nos avisava e fazíamos algo, tipo dar uma volta, jogar bola, correr, o tempo todo, 100% do tempo eu ou minha esposa do lado dele, deu certo! Hj, 6 meses depois, ele nao quer saber de mais nada, nem do pai que comprava drogas pra ele! Aqueles que querem parar, precisam de apoio, muito apoio! Abs.

  • japA - 2012-11-01 15:22:54

    Vei.. vi todos comentários e maioria devem ser verdades...uso a coca 16 anos uso todo dia...meu corpo acustumou...n sinto nada .mas o ruim e q vo ter q colocar platina no nariz , kd fds uso em torno de 150 g ...e acho pouco ...soh ter a cabeça ...qm n tem n usem ...palavra de velho kk

  • bela - 2012-12-20 02:11:35

    comecei a usar a pouco tempo por causa dos amigos de trabalho. só nessa semana ja usei 3dias. nesse exato momento já to no segundo papelote mais, eu sei q nao vou me viciar porque a 5 anos atras eu ja tinha usado por alguns meses e não me viciei, eu controlo a droga, não é ela que me controla.












  • Seven - 2012-12-29 21:56:16

    Usei para ver se viciava achando que eu ia mostrar a todos que vicio é coisa de gente fraca... Não é. Cocaína e uma droga muito forte, ao usar assume o controle da sua vida, destrói alem do seu organismo sua vida com seus filhos, mulher, amigos, colegas de trabalho, ou seja sua vida social vai pro buraco.

    Não existe esse lance de não sou viciado..uso e paro quando quero....quem vive dessa frase ta sempre dando um tiro a cada 3 4 dias...

    Quem nunca usou pense bem e ouçam um ex-viciado que sente o organismo pedindo por uma carreira, NÃO EXPERIMENTEM ALGO QUE FOI FEITO PARA O SEU ORGANISMO GOSTAR.

    A Cocaína leva a degradação do sujeito que a usa, e paralelamente sua família também vai perceber que algo esta errado e quando descobrirem o que é, você vai afundar sua família junto com você pro buraco, A Cocaina te coloca no role com outros viciados em cocaína, e você fica achando que é normal cheirar e que todo mundo cheira mesmo, MENTIRA, é que vc esta fazendo o role da Farinha agora, e só convive com BICUDO(gente que cheira), e fica achando que todo mundo cheira.

    Que DEUS de força a mim, e a todos que caíram nessa armadilha.

  • usuario sim - 2013-01-26 16:46:42

    Bem, vamos lá.
    Tenho 22 anos de idade, a minha primeira vez foi com 14 pra 15 anos, até meus 16 usava uma ou duas vezes por mês e foi aumentando o uso gradativamente, com dezoito quase todo dia eu usava, e usava muito(hoje eu vejo que era muito, no minimo 8 gramas em uma tarde e muita cerveja), parei de estudar, arrumei muitas tretas(confusões) em fim só parada errada, fiquei 3 anos nesse "vicio frenetico", até que eu conheci minha atual namorada. Quando ela soube que eu cheirava ela ficou arrasada kis terminar e tals.. ainda uso e é bem melhor agora de quando eu usava com bastante frequencia, mas com uma frequencia minima de tipo 5 vezes no ano e olhe lá, e essa mudança pra melhor(melhor mesmo seria parar de vez) foi por causa de minha namorada ela fez muito por min muito mesmo!
    eu não vou a conselhar ninguem, porque se conselho fosse bom, não se dava vendia, sua cabeça é seu guia!

  • Sincero - 2013-02-03 02:34:56

    Gente, uso há anos e conheço várias pessoas que também usam, então vamos aos fatos que eu conheço. Existe, sim, o risco de vício, mas é muito mais uma questão psicológica do que física, portanto se você é uma pessoa que sempre está querendo fugir da realidade, não arrisque experimentar, pois quando se está sob o efeito dessa droga, não há como negar, é maravilhoso, consegue-se encontrar solução para tudo, os problemas mais graves, de repente podem ser solucionados e, o pior, mesmo depois que o efeito passa, você é capaz de perceber que não era absurdo, embora esses pensamentos com certeza tenham sido engatilhados pela ação da droga, eles continuam parecendo a melhor solução, e com frequência são! Esse é o verdadeiro risco! Se você é uma pessoa com baixa autoestima, que costuma encontrar-se impotente diante das situações do cotidiano, NUNCA USE, pois ela vai se tornar solução pra tudo. Agora, dizer que o simples fato de usá-la vai tornar o indivíduo um viciado é pura besteira: O uso abusivo de drogas não é a causa da doença, é a consequência! Portanto, fiquem atentos a si mesmos antes de experimentar, eu posso ser uma excessão (assim como vários amigos e conhecidos meus), mas em todo esse tempo nunca senti necessidade de outra dose, às vezes fico meses sem usar e não sinto falta, é sempre uma questão de ocasião e escolha minha. Enfim, não adianta dizer que os efeitos imediatos das drogas são ruins, porque se fossem ninguém usaria, mas com certeza as consequências podem ser graves, por isso estejam sempre atentos, tenha conhecimento do que pode acontecer e procurem ajuda ao menor sinal de dependência! Desculpe tomar o tempo de vocês, não sou especialista nem nada, só estou dando minha opinião e acho que em algum ponto todos aqui estão certos... mas não 100%! Beijos!

  • Raphael - 2013-02-13 14:34:53

    É a questão do espírito e da carne. Se vc alimentar o espírito (Adorar a Deus e ler sua palavra, amar as pessoas e sempre querer o bem)vc será feliz, pois, graças a Deus,o espirito fica mais forte que a carne e facilmente pode vence-la, mas se vc alimentar a carne (não evitar o pecado, satisfazer seus desejos carnais desenfreadamente, etc), vc afasta Deus da sua vida e fica a mercê de suas vontades carnais, ou seja, ao invés de estudar, trabalhar e constituir uma linda família, a pessoa que opta pela carne vai viver para satisfazer desejos como: sexo, drogas, consumismo, violência, etc.. E no final das contas o grande maioral se torna um escravo dos vícios (ou melhor, um escravo do diabo).
    Portanto se vc infelizmente caiu na conversa do diabo e entrou nas drogas achando que seria o fim do seus problemas, saiba que vc encontrou um problema a mais. A única solução para o homem é a sua reconciliação com Deus através de Jesus Cristo. Nada e ninguém pode contra O Deus que te ama antes mesmo de vc ter nascido.

  • Coca cola - 2013-02-19 12:26:51

    Estou usando nesse exato momento mais como todos falam eu tbm nao aconselho usa apesar de usar duas vezes ao mes eu venho sentindo vontade de usar, oque me deixa livre dela e saber que vou magoar as pessoas que amo se elas desubrirem ai abe a nos da o valor orreto as coisas

  • rena - 2013-02-22 13:40:07

    Nossa o selvagem poderia gastar o tempo que ele não perde com as drogas para estudar português.

  • rena - 2013-02-22 13:42:40

    Nossa, e essa que o coca cola usou era da boa, no final já não dava nem pra escrever.

  • Humilde - 2013-02-26 06:29:55

    ola pessoal
    Primeiramente gostaria de fazer uma pergunta
    Voce erra por querer?
    Acho que a resposta e nao neah!
    Pois eh, eu estou cheirando dentro da minha casa, com um remorço imenso pois moro com meus pais.
    Eles estao dormindo tranquilamente achando que estou dormindo para ir trabalhar amanha cedo!
    O que eu deveria estar fazendo na verdade
    tenho que trabalhar hj 7:00h
    e ir do trabalho com a escola,
    todo mundo arruma uma desculpa para poder achar um culpado para o que esta fazendo
    mais o dificil e assumir que quando a gente tah usando de mais a culpa e nossa de ter começado
    e o preconceito (o julgamento) nao ajuda, pelo contrario so da mais vontade de usar
    mas em fim, se nao puderem ajudar nao atrapalhem nao
    sou a a prova viva de que o melhor pode virar o pior de todos nao pelas drogas mas sim por quem ela eh!
    pense bem no que voce ja fez de bom sem as drogas tanto licitas ou ilicitas e veja se realmente ela vale a pena...
    desculpa se ofendi alguem
    so quero que pensem que voce foi feito para vencer!
    acredite em si mesmo pq se vc nao acreditar ninguem acreditara em vc!!!

    boa soorte a Todos

  • Motta - 2013-03-04 13:36:19

    Uso a 06 anos. A dois anos atras eu estava no fundo do poço mesmo, era usuario pesado. Havia perdido muito peso. Tenho 1.75 estava pesando 65 kg, Dei uma pausa...Agora estou com 80kg, mas... ainda uso. Porém uso apenas nos finais de semana, coisa de 3 à 4 Gramas.

    Não é facil parar assim... Bom pelo menos eu nao consegui, Mas consegui controlar a droga!

    Pra mim foi uma experiencia do quão fundo voce pode chegar nesse poço que é o vicio!

  • Bella - 2013-03-16 22:03:45

    Ontem,cheirei 2 papelotas em apenas 1hr e 30. Abri um papelote,fiz duas carreiras e dei um teco. Hj comprei 3 papelotes. Adoro a dormencia na boca,fico com o tesão a mil. Porém,nao tenho coragem de ir comprar,morro de vergonha por ser mulher,tem um amigo que vai buscar pra mim. Éu nao me considero viciada pq eu só cheiro quando vejo esse meu amigo. Vou dar um teco e já volto.

  • bella - 2013-03-16 22:41:45

    Voltei. Deu um teco maravilhoso agora. Peguei esses 3 papelotes pra usar hj e amanhã pois estou sozinha em ksa,meu namorado nem sonha q eu cheiro,se ele descobrir me mata. Ele odeia drogas,e eu adoro coca. Sinto que vou usar tudo hj porque a sensação é maravilhosa. Eu não fumo e quando eu to cheirando eu não bebo,tenho medo de misturar. Uma vez cheirei 3 papelotes bebendo energetico,fui parar no hospital. Como não quero passar mal de novo,prefiro só bater minhas carreirinhas e dar meus tecos. Pra mim o primeiro teco do dia e o último tem que ser os melhores e as maiores carreiras. Vou abrir o 2 papelo,dar outro teco daqueles e curtir minha nóia no silencio do meu quarto. Nao cheiro com ninguem,faço sozinha. Só cheirei acompanhada a 5 anos atras quando meu ex me apresentou a esse pó tão gostoso. Nao é vicio mais eu gosto do cheirinho q esse pó tem. Va volto,vou dar um teco. Se eu conseguir continuar escrevendo eu volto!!!!!

  • Bella - 2013-03-16 23:27:02

    To na nóia,como não tenho com quem conversar,to escrevendo muito. Comecei cheirando um papelote,agora só cheiro de dois pra cima. Tem dias que eu cheiro 2 e fico satisfeita agora tem dias que quando acaba,eu fico na fissura,lambo o canudo,o prato,o cartão que eu uso pra bater o pó. No outro dia eu tava tão afim que fui tentar achar meu amigo,como eu não encontrei,entrei na favela,passei pela boca mais fiquei com vergonha de comprar por ser mulher. Aquele dia foi horrivel,é muito ruim ficar na vontade. Fui pra casa,tomei um banho gelado pra amenizar a fissura. No dis seguinte, 11 hrs da manha,meu amigo buscou 2 papelotes,cheirei tão rápido e com tanta vontade(parecia desejo de grávida)só tem uma coisa ruim nisso tudo,toda vez que o meu amigo vai eu tenho que dar 1 papelote pra ele,dá pena,compro 5 e só uso 4. Até hj foi o máximo que cheirei. Hj até q to devagar pq a noite é longa e eu não gosto que esquentar e nem de acrescentar fermento para aumentar a quantidade( ela já chega na mão do usuário tão batizada) . Nao posso usar tudo agora pq meu amigo saiu e eu nao vou ter como pegar mais pó. Cocaina é uma droga fascinante,acredito que seja melhor do que fumar aquela erva fedorenta chamada maconha. Vou dar outro tequinho e já volto. Só tenho vcs pra desabafar e contar meus segredos.

  • Bella - 2013-03-17 00:18:32

    Vou parar de escrever,já falei muito. E mesmo pq esse teco que eu dei embaçou a vista,to transpirando horrores,to mordendo os lábios. Esse foi foda. Eu só queria entender pq eu fico cheia de tesão quando cheiro. Provavelmente pela madrugada eu volto,pois ainda tenho um papelote fechado pedindo para ser consumido. O ruim é quando o pó acaba e bate a vontade de cheirar mais. Fui,até mais tarde.

  • Bela - 2013-03-17 04:42:48

    Voltei,abri o 3 papelote,dei 2 tecos. Vou guardar,chega por hj,já cheirei muito hj vou resistir e deixar esse pra outro dia ou dar para o meu amigo. To cheirando desdd às 17:00 acho q naum to nem mais sentindo o efeito do pó. Pelo tanto de pó que já cheirei sei que vou passar mais uma noite em claro. Agora só vou usar novamente semana que vem,essa semana eu extrapolei. Cheirei terça,quarta,sexta e hj. 4 dias é muito,tenho que segurar minha onda,não quero me viciar. Confesso que sinto medo de ficar dependente mais eu me controlo. Eu controlo a cocaina na minha mente,não é ela que me controla. Sou mais forte que ela.

  • curioso otario - 2013-03-25 11:50:44 +1

    Droga nenhuma presta

  • Hezekyas - 2013-04-03 18:34:08

    Jamais imaginava que eu me prenderia na pasta base, ja tive 2 internaçao tento esqueçer mas e foda, sempre que tenho grana tenho que separar pra ela, oque fazer? existe algum elemento que tira a vontade de usar isso? abraço

  • SaraO. - 2013-04-05 23:10:14

    Estou gravida de 7 meses,tenho 16 anos e meu marido usa cocaína, fui descobri quando fui mora com ele, nao vejo graça em usar drogas,para mim alem de prejudica a saude prejudica a saude e a vida de quem convive com pessoas assim. Acho feio nao aprovo mais por eu estar gravida ainda estou aguentando essa situação, meu marido as vezez passa a noite toda acordado, mexendo nas coisa dentro do quarto puxando cobertas e acendendo as luzes.Eu passo muito nervoso e ele fica fora de sí, fica amarelado as mãos geladas uma coisa horrível só eu sei o que passo. Eu nunca usei e nao tenho nenhuma curiosidade tambem, e acho feio quem usa mais ai vai de cada um.! Ele so melhora quando toma banho,dependendo do dia nem banho resolve .

  • DEPENDENTE - 2013-04-09 21:53:06

    SAUDAÇÕES A TODOS!!!! Gente primeiramente vou me apresentar , tenho 31 anos sou de sexo Masculino , casado e tenho um filho de 1 ano e sete meses.
    Comecei com 13 anos como a grande maioria , a porta de entrada foi o álcool, depois o tabaco, maconha , experimentei também o crack, mas meu organismo não se adaptou a tal substância , meu forte era o álcool. Para resumir minha "vida" , tive que parar de beber álcool, pois a bebida deixa odor etílico e minha esposa certamente perceberia , fiquei algum tempo abstinente, sem nada , mas meu organismo pedia algo, foi quando lembrei-me da famosa cocaína um droga " social" que quando usada com moderação não deixava vestígios algum , mas com o passar do tempo as doses tiveram que ser aumentadas , pois meu organismo foi criando resistência , antes uma "bolsa" contendo 0,5 grama durava talvez dois dias , pois os efeitos de pequena quantidade (uma carreira) durava horas, a sensação era ótima.Com o passar do tempo , por exemplo hoje dia 09/04/2013- 16:41 , 5 gramas dura somente 4 dias , to usando muito mesmo, não consigo parar sozinho, mas tenho medo, sou covarde para abrir o jogo, já estou com muitas dores em minhas costas, tose seca, garganta seca, muita renite com coriza constante , dor de cabeça, insônia , mania de perseguição entre outros sintomas do uso excessivo, tenho essa consciência , mas não consigo parar, pois o que pensava que eu dominava me dominou, é triste , mas é a verdade. Nesse momento 16:45, estou em meu trabalho enquanto escrevo essas palavras , uma lágrima caiu de meus olhos e molhou meu coração , pois lembro de meu filho de minha esposa e meus familiares, é triste, mas não sei explicar a vocês o grande poder de dominação que essa "merda" tem sobre minha mente. Só queria deixar um recado a vocês jovens que ainda estão começando. Um dia também comecei, pensando que poderia parar a qualquer momento, pois eu me julgava forte , me julgava auto-suficiente , mas na verdade sou um fraco , covarde , lembre-se que a diferença entre o remédio e o veneno , está somente na quantidade administrada, por favor amigos parem enquanto é tempo. Quem quiser mandar alguma reflexão , esteja a vontade, mas aquelas pessoas que gostam de piadas por favor nem percam seu tempo, o assunto é sério e vamos tratar isso com seriedade. Obrigado a todos e a todas e cuidem-se.

  • esposa - 2013-05-14 22:50:58

    DEPENDENTE,sou esposa de um viciado sei o quanto doí saber que seu marido ta viciado em pó, temos um filho lindo, meu esposo é uma pessoa muito fechada de pouca conversa estou na luta com ele já tem uns 3 anos mais nos últimos meses ele perdeu totalmente o controle do vicio, não tava nem trabalhando mais, nos doí já estávamos separados em casa, meu amor se transformou em despreso , nojo, ate que com muita oração minha DEUS tocou no coração dele , ele aceitou ajuda, esta em tratamento tem 15 dias,sua aparência ja mudou,não sei se sua esposa sabe do que acontece com vc, mas se ela não souber e vc a amar pare por ela e seu filho , do fundo do coração é o que te desejo, é uma dor muito grande saber que quem escolheu para viver sua vida esta se matando, e o pior vc ja nem saber se ele te ama , porque no meu pensar quem ama não machuca.meu esposo nunca foi agressivo comigo , ao contrario eu sempre briguei sozinha ele nem discute.tem atitude que doi mais que uma pancada ,mais um conselho o mesmo que disse a ele antes de para pela sua esposa e seu filho , pense em fazer primeiro por vc. um abraço

  • rastafari - 2013-05-17 07:35:02

    sai dessa vida cambada de "noia" vai fumar maconha que é natural, relaxa, te deixa feliz e calmo!

  • Rancharia-SP - 2013-05-27 00:19:05

    Gostei do assunto e dos comentários e tenho tido uma maior curiosidade sobre o uso da cocaina sou usuário a mais de 4 anos e cheguei a seguinte conclusão: é possível ter controle mas parar é muito dificil. vc pode dar um tempo mas ela todos dias confronta com você, ou seja, matamos um leão por dia, por hora ou sei lá. ainda num tive a sensação de perder tudo e espero não te-la, pois desde quando comecei num fiquei um dia sem ter. já compro um torrão logo para dois meses e passo dois dias em média sem usar. trabalho e tenho uma vida normal, meus sonhos eu tenho realizado assim como a vida concede, cuido e educo dos meus dois filhos normalmente. minha atual namorada tem conhecimento que eu uso pois jamais poderia esconder isso dela. um fato que desequilibra qualquer usuário é a união da bebida alcoólica com o pó. eu mesmo posso dizer que fico irreconhecível, nervos atrofiados...uma mastigação do caraio. então tenho evitado consumir os dois ao mesmo tempo. outro fato que posso dizer é que naum faço mais uso pelos dois canais respiratórios. notei que pelo lado esquerdo eu sempre ficava com vontade de chorar, tenso, muito mau e de ressaca. num sei se tem alguma coisa a ver mas hoje eu só faço uso pelo canal direito. tenho poucos amigos, não ofereço e não peço pra nenhum dos que usam...pois ja levei muito chapéu nessa de ter bom coração é um vicio caro e quem tem naum gosta de ficar compartilhando. é isso galera, posso dizer por experiência que me serviu muito para ganhar dinheiro trabalhando. hoje ja não ganho dinheiro assim pois a idade e o cansaço chega com o tempo. assim como o vicio do cigarro, da cerveja e outros mais permanece na vida de algumas pessoas, o vicio do pó permanece na minha vida. não desejo a nínguem e considero uma arma carregada que pode levar a um caminho sem volta. pra mim esse caminho não chegou e muito consciente não chegará. espero poder ter colaborado de alguma forma...abraço a todos...

  • Vida loca - 2013-06-16 07:52:12

    Sou usuário a um tempo concordo com o comentário anterior e possível controlar eu mesmo me controlo planejo os dias e quanto vou usar sempre, consigo guardar e ñ gastar tudo q tenho, moro sozinho ñ deixo a droga dominar + e muito difícil parar por q em todo lugar q vou tem amigos q usam se tornou uma coisa comum até no trabalho muitos usam todos tipos de pessoas, meu conselho ñ use

  • Haddad - 2013-06-23 20:21:57

    Não diga que consegue controlar. Viciado não para! dá um tempo!. No começo e otimo depois de um tempo vc começa enxergar o mundo e a noitada de outro modo. Não recomendo nem começar. E se acha q não consegue parar, e só afastar do problema (Amigos que usam, cervejinha) infelizmente e assim.

  • Celene - 2013-07-17 04:07:16

    Sou mais feliz hoje fumando maconha diariamente do que quando eu não usava, no verão se torna muito mais difícil de conseguir na minha cidade, eu tenho pesadelos, me bate a depressão, e eu começo a me confrontar com os períodos mais dolorosos da minha vida, ás vezes até tentando tratamento psicológico, do qual psicólogos nunca conseguem resolver, tal qual o nível de confusão. Não pretendo e nem quero parar de usar, visto que 1 vez por dia é o bastante, espero plantar a minha própria maconha, mesmo que pra isso eu precisasse mudar de país, me solidarizo muito com as histórias das pessoas que estão aqui, e queria dar um abraço em cada um, por que o vício é algo desgraçado, a culpa não é sua por achar essa realidade uma merda e nem de querer mudar, mas vamos nos lembrar de que antes de tudo nós somos humanos, temos necessidades básicas e fisiológicas, precisamos comer, dormir, higienizar o corpo, socializar - por que infelizmente vivemos em sociedade - e é necessário que tudo isso caminhe com harmonia, são necessidades primárias. Muito interessante o artigo.

  • Jarbas - 2013-07-17 19:35:07

    Eu já havia usado casualmente para poder ficar acordado nas festas, se não eu queria vir embora logo. Isso raramente acontecia. Ano passado passei a ter mais contato e fiz algumas viradas de noite em casa com amigo usando. Agora, de uns 3 meses prá cá passei a consumir moderadamente sozinho em casa, só prá sentir a sensaçãozinha boa que dá. Nesta semana na segunda-feira virei a noite usando, fumando cigarro e bebendo água. Resultado: estava podre na terça, assim como ainda estou e então apaguei do celular o nro da "tele-entrega" dessa bosta. Quem sabe ocasionalmente eu use de novo, mas hj estou de mal com essa droga que está querendo estar em mim mais e mais. Só que aqui, quem manda sou eu! Minha sugestão como li acima. Se usar, somente se tiver cabeça forte para se controlar, só que o que ela faz é justamente te descontrolar... então: vire as costas para a cocaína!!!

  • paulo - 2013-08-21 22:12:15

    eu uso de vez em quando, às vezes pouco, às vezes perco o controle, depois fico com um grande peso na consciência, quero muito parar de vez, mas tá difícil ! tenho mulher e filho e sei que eles ficariam muito tristes se soubessem, as vezes bebo pra caralho também, é foda ! tô muito triste comigo mesmo !

  • anonimo - 2013-09-04 16:45:00

    galera usei cocaina as uns tês anos e meio,sempre dava um tempo mas logo depois voltava a usar de novo, ir pra igreja mas quando saia com meus amigo com que usava ficava logo alegre e com vontade de usar também, hoje ta com 2 meses que parei to na igreja sai das amizades ruim, to tentado ficar firme com deus, mas não vou mentir dizer que fico pensado em usar que fico, não sei como sera no futuro só que não indico pra ninguem!!!

  • Rel - 2013-09-28 14:19:06

    Bando de hipócrita louco pra experimentar e fica criticando os outros chamando de viciados e vcs são viciados em que? Em hipocrisia....

  • Thiago - 2013-10-08 16:39:04

    Fumei maconha por dois anos, em seguida passei pra cocaina por ser mais "discreta" não deixando cheiro podre no ar. Usando cocaina por dois anos, consegui perder meu tão sonhado emprego como militar da Marinha do Brasil, fui expulso, adoeci meu pai que veio a falecer em seguida, acabei com a alegria de minha familia, minha esposa quase me deixou, ou seja, perdi muita coisa importante nesse pouco tempo de uso. Simplesmente porque não conseguia mais viver sem a maldita. Consegui para após conhecer a imandade de Narcóticos Anônimos, onde aprendi diversas técnicas e obtive "ferramentas" para nãi ir a primeira dose, pois é esta primeira dose que desencadeia todas as outras. Evitando-a, você ganha o dia! Vivemos um dia de cada vez, cada dia sem uso é considerado um milagre para nós.

  • carla - 2013-11-17 19:44:01

    jente isei coaina por dois anois no inicio achei que eu esta no controle mais bem depois vi que quem estava mandando em mim era a cocaina ,, mais para tudo tem um jeito e deus me deu forças e bom animo e hoje sou outra pessoa , pois ate sua personalidade esta droga tira...

  • rogerio - 2013-11-20 02:52:07

    somente quem usa sasbe como é dificil se controla, hoje sou contra esse papo que a maioria diz:só uzo no final de semana " nao sou viciado,consigo controla" é questao de tempo é claro que nas primeiras vezes todos nos conseguimos controla.mas quando vc passa para a segunda faze aquela qundo vc mesmo vai atras de compra e se dá que vc sente uma vontade muito grande e que adroga é a unica coisa que pode fazer vc se sentir melhor ai sim a coisa fica complicada.fica uma dica de quem por curiosidade esperimentou a cocaina.ela te tras sensaçoes diferente de tudo o que ja viu mas ao mesmo tempo pode trazer sequelas para o resto de sua vida . portanto me arependo muito de ter brincado com uma coisa tao seria.

  • Vini itaim pta zl - 2013-11-22 18:53:57

    minha vida se resume a TP (Traveco e Pó)

  • Sabrina - 2013-11-28 20:11:39

    Eu uso cocaína faz 2 anos!faz 5 meses que mudei de Sampa para outro estado,só não procurei aqui onde moro pq a favela e muito perigosa!!!

  • Vivis - 2013-11-28 20:18:08

    Aqui em São Paulo eu e minhas amigas chamamos a cocaína de Fabiola!!uso qndo eu quero!consigo me controlar,mas me arrependo amargamente de te experimentado!e qndo me da vontade sempre com um,mas nunca me contento só com um,eu e minha amiga já chegamos a usar dez em uma noite só!

  • marriejane - 2014-02-23 04:00:53

    Gente usei e usei muito por 2 anos.. Era mais nos fins de semana.. Parei ja tem 6 a 7 anos mas vontade de voltar nao m falta acontece q tive um surto nao por conta a droga engim eh uma looooooonga historia... Eu queria mto voltar a cheirar mas as pessoas q convivem comigo conhece os sintomas... Pupila dilatada nariz escorrendo.. Alguem ai sabe como driblar esses sintomas???? Hein?

  • eu - 2014-03-18 04:36:59

    não faça uso de drogas,pois elas levam à dependencia e fica dificil de controlar.

  • Cheirao - 2014-03-19 09:04:26

    Quantos linhas vcs fazem com um papelote

  • Cheirao - 2014-03-19 09:06:56

    Essa maluca da bela cheirou a noite toda! Vou mandar botar platina nessa nareba

  • Cabisseira - 2014-03-21 08:05:11

    Li todos os comentarios, e todos sao validos!!
    Vou contar minha situacao!!!
    Conheci com 14 anos, usei umas 5 vezes final de semana fiquei com medo de viciar e pare!
    Voltei usar com 23 pois em uma festa apareceu e estou nessa a 3 anos!!!
    Com 23 anos eu namorava a uns 5 anos ganhava uns 5 mil por mes trabalhando pouco e morava com meus pais!! Cherava so qnd todos no local tbm fossem usuarios!!! O ano passado fiquei noivo e quis aproveita !!! Ia num buteco q tinha usuarios e bebia cherava e fumava a noite inteira, sai do buteco ia para um bar conhecido por ter usuarios e ficava ate amanhecer!!! Um fds meus pais viajaram chamei um amigo e usamos por 30 horas bebendo e fumando!! Dps desse dia comecei me controlar!!! So usava sabado comecava as 14 e so parava qnd acabava !!! Agora faz 4 meses que estou casado e uso bem menos pois eu e minha mulher estamos direto junto e ela nem amagina!!
    Eu nao sei se quero ou nao parar mas eh fato q a droga afeta a vida da pessoa!! Eu estou fazendo quaresma de alcool pois achei q ele q me levava a usar cocaina, mas hj tive q comprar pois queria muito usar! Sou rep comercial trabalho viajando e hj cheguei e usei e estou usando!!!
    Como nao estou bebado como de costume, nao consigo dormir e to me sentindo fraco ate usar novamente!!!
    Eu li os comentarios e flo ela vicia mas tem como controlar, eu fiquei 3 meses viajando e nao usei nenhum dia, como sabia q nao ia encontrar nao dava vontade!!!
    Mas qnd to na minha cidade onde tem delivery sempre q bebo da vontade!!!
    Eu entrei aki para tirar duvidas pois hj me senti mal, o coracao acelerado e o corpo pedindo pra usar mais!!
    Eu achava q nao estava viciado mas hj vejo q estou!! Por mais q eu possa controlar e ficar sem por meses sempre vou ter vontade de usar!!!
    Para quem quer experimentar fica o conselho nao faca isso, a droga eh prazerosa e influencia na nossa vida!!!! Flo isso mesmo conhecendo muita gente q se controla bem e que usa a mais de 10 anos bem pouco e parece nao influenciar!!!
    No

  • Doutor - 2014-05-29 08:31:45

    Olha sou usuário tbm, e acho que o colega lá em cima falando que não vicia esta totalmente errado. Comecei com 16 anos, e bem como o artigo fala, nesta época não sentia os efeitos, só tinha depressão por medo de decepcionar meus pais. Isso acabou acontecendo aos 21 anos. Depois comecei a usar excessivamente e a ter falar na vida social. Também estudei fiz mestrado e estou fazendo doutorado na área de exatas, pra vc ver que da pra levar uma vida normal. Hoje tenho quase 30 anos e ainda uso, hj em uma quantidade bem menor, mas cara sou sim viciado. Quantas vezes deixei minha namorada na qual estou 16 anos, que amo de verdade e outra não sou homem de trair, para usar essa merda. Hoje eu estou aqui usando 3 doces de 50 reais, hj eu exagerei, pra que? Pra nada maninhos, na verdade para não dormir amanhã mentir, odeio mentir e estar com uma ressaca moral do caralho. Então venha me dizer que vc tem controle, até mesmo pq como já dizia uma musica "parecia inofensiva mais me dominou". Hoje posso falar que eu tenho um certo controle mas, as vezes, eu caiu na tentação. Hoje fazia dois meses que não usava. Mas para a rapaziada nova que ta lendo todo o artigo, cuidado. Para quem escreveu, muito bom o artigo. Não malhou o pau, imparcial e o que esta ai. Parabéns. Tomara que esse relato não caia em facebook.

  • putaboide - 2014-06-07 21:09:18 +1

    As sensacoes que a cocaina proporcionam sao maravilhosas. Quem dera o ser humano pudesse viver no estagio cocainado sem precisar fazer uso da mesma. O problema da cocaina alem da dependencia quimica, psiquica , danos terriveis ao seu organismo e da sua depressao pos uso eh o custo social da cocaina chegar ate seus narizes.
    Querendo ou nao, sendo trabalhador que custeia essa merda de pais ou nao, a cocaina que chega pra voce, branquinha feito neve, tem baldes e baldes de sangue antecedendo o caminho de chegada dela.

  • afrita 34 - 2014-07-25 11:38:07

    ,uma pessima mae e esposa,sem animo pra nada.Uso quase todos os dias,e o dia em que eu não uso passo o dia dormindo.Me arrependo muito de ter experimentado,pois ta dificil,não vou mentir,gosto.mas tudo que eu mais queria era não usar mais

  • Gaby - 2014-08-17 09:26:29

    Mi hijo ha estado sufriendo de epilepsia desde los 2 años de edad y han perdido su memoria, hemos estado tratando de curarlo con diferentes medicamentos recetados por los médicos, pero no tiene cura y es de 10 años. hace 4 meses me dijeron que con cannabis aceite alto en CBD puede curar esta enfermedad y le dio un juicio y llegar a centro de cáncer London
    (info.cancercentrelondon.co.uk@aol.com) para adquirir el aceite comenzó inmediatamente con la medicación, pero mi mayor felicidad después de tomar el aceite por un mes hubo un montón de cambios y el número de ataques al día reduce grandemente y como ahora está completamente sana y normal otra vez. La familia es tan feliz.

    Gaby Medy
    Chile

Junta comentário

Última alteração em 2014-09-02 | © 1999-2014 Azarius International

Escritório da Azarius
PO box 3458
1001 AG Amsterdam
The Netherlands

Loja da Azarius
Kerkstraat 119
1017 GE Amsterdam
The Netherlands

Com base na tua morada de IP determinámos o teu país.

Usamos esta opção para determinar os produtos que podemos enviar para o teu país.
O nosso sistema meteu água? Muda simplesmente o país.

Para questões relacionadas com as nossas políticas de envio, consulta por favor a nossa página de Perguntas Frequentes ou contacta-nos.